Na primeira semana de Maio, o Ministério da Saúde de Portugal revelou ter registado seis casos importados do novo coronavírus, provenientes de Angola, no quadro dos voos humanos.

Em conferência de imprensa de actualização de dados da pandemia, a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, esclareceu nesta terça-feira que dos seis casos, três se infectaram em Portugal, não havendo, ainda, certezas quanto aos outros.

A também porta-voz da Comissão Interministerial para Resposta à Covid-19 disse que se vão “apurar os restantes três casos”, mas, de acordo com as autoridades portuguesas, após testes e investigações que envolvem os dois Estados, os mesmos devem ter contraído a doença em outras paragens.

“A respeito dos cidadãos portugueses (…) três casos estão excluídos e os outros três carecem de apuração por parte do Ministério da Saúde de Portugal, que deverá informar o Governo de Angola”, frisou.

Até às 19h00 desta terça-feira, Angola registou 71 casos positivos do novo coronavírus, com quatro óbitos, 18 recuperados e 49 doentes a receberem tratamento médico nos centros criados para o efeito.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.