Os dados foram revelados segunda-feira, pelo chefe da saúde pública, Rui Adelino Diaculo, referindo que os doentes foram assistidos com Coartem. Outros 680 consultados em outras patologias receberam medicamentos essenciais para o tratamento.

Além de consultas, os dois postos móveis de assistência médica expostos na feira, disponibilizaram os serviços prestados pelo Programa Alargado de Vacinação (PAV), testes rápidos de VIH/SIDA e malária, vacinas contra sarampo, pólio, tétano, pentevalente e outras.

No rastreio, as autoridades sanitárias municipais do Uíge registaram quatro novos casos de VIH/SIDA, em 250 pessoas testadas.

Estiveram engajados na acção, 49 profissionais, entre técnicos, médicos, motoristas e Agentes de Desenvolvimento Comunitária (ADECOS), que sensibilizaram à população para aderir aos serviços preventivos de saúde e os cuidados contra a cólera, VIH/SIDA e dengue.

Durante a realização da festa da cidade do Uíge foram distribuidas 900 preservativos, igual número de mosquiteiros e 44 mil e 700 comprimidos de tratamento de água, para 894 beneficiarios.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.