Conforme revela uma nota enviada ao SAPO, Blésnya começou por desfilar para Kenneth Ize, o designer nigeriano que apresentou a sua primeira coleção na cidade das luzes, juntamente com Naomi Campbell. Para além deste desfile, Blésnya Minher, foi mais uma vez, escolhida pela Chanel, Chloé, Giambattista Valli, Isabel Marant, Louis Vuitton, Miu Miu, Paco Rabanne, Stella McCartney e Valentino, tendo-se ainda estreado na passerelle de Coperni.

Já Sompa, fez a sua quarta temporada em Paris ao desfilar dois looks para Redemption e segue agora para as semanas da moda portuguesa. Na temporada passada (Primavera/Verão 2020), a modelo alcançou um dos pontos altos da sua carreira ao desfilar para a marca de alta-costura Balmain, e teve ainda o privilégio de ser a escolhida para entrar na passerelle com Oliver Rousteing, o diretor criativo da marca.

De referir que as duas modelos angolanas são agenciadas pela Da Banda Model Management, uma agência de modelos fundada em Luanda, focada no agenciamento e gestão de carreira de modelos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.