A empresa portuguesa OLI, com sede em Aveiro, apresentou um novo autoclismo - o OLI74 Plus - que permite a ligação do aparelho a uma segunda rede de abastecimento de água.

Com este autoclismo torna-se possível, por exemplo, utilizar um reservatório de águas pluviais para as descargas, em alternativa à água potável, um bem considerado cada vez mais escasso e caro.

As recentes previsões das Nações Unidas indicam que em 2030 haverá um défice hídrico de 40% em todo o mundo, sendo urgente adotar novos padrões de consumo, sobretudo no casa de banho, responsável por 33% do consumo doméstico deste bem.

"O OLI74 Plus, com duas torneiras de enchimento de água, foi desenvolvido no último ano pelo centro de Investigação e Desenvolvimento da OLI, em Aveiro, e incorpora a tecnologia patenteada Hydroboost e Azor Plus", explica a empresa em comunicado.

"Fabricado em polipropileno, material altamente resistente, o OLI74 Plus permite ajustar o volume de descarga de água até aos seis litros e dispõe de quatro acionamentos – no touch, eletrónico, pneumático e mecânico", acrescenta.