O 'pesadelo' de Cristiano Ronaldo continua a somar capítulos. Este sábado, notícia a imprensa internacional, nomeadamente o La Vanguardia, que, em 2005, o craque português terá estado envolvido num outro caso de alegada violação.

Segundo o explicado, a defesa de Katryn Mayorga, a mulher que agora diz ter mantido relações sexuais não consensuais com Ronaldo em 2009, teve conhecimento deste caso e estará a tentar entrar em contacto com a vítima.

De acordo com o explicado, este caso terá ocorrido em outubro de 2005, no hotel Sanderson, em Londres, quando o avançado português tinha 20 anos e alinhava pelo Manchester United.

"Só conheço uma pessoa em Inglaterra que alegou agressão sexual. Gostava de falar com essa mulher. Interessa-nos identificá-la e contactá-la", cita o La Vanguardia fazendo eco da defesa de Mayorga.

Relembre-se que o internacional português tem estado num turbilhão de rumores, tendo já negado todas as acusações de que foi alvo, mas tem alguns patrocinadores a questionarem a sua conduta, como são os casos da Nike e da EA Sports.

Acompanhe as novidades sobre os famosos no Instagram. Siga-nos em:

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.