A falta destes especialistas, de acordo com o médico clínico daquela unidade sanitária, Nelson Capela., tem condicionado em grande medida o normal funcionamento do centro.

Pra ultrapassar tal desiderato são necessários 50 técnicos para atender a demanda.

A unidade de reabilitação física atendeu de Janeiro até a data presente 841 pacientes de diversas áreas da medicina, que são assegurados por 10 profissionais, dos quais um médico, nove técnicos médios.

Os pacientes são atendidos em diversas patologias, com realce para sequelas de acidente vascular cerebral (AVC), como as paraplegias, paralisias, monoparalisias, doenças do fórum da coluna lombar, onde observaram alguns utentes com cervicalgias, dorsalgias e lombalgias.

Em declarações à Angop, o responsável disse que este constrangimento prevalece há mais de cinco anos, emborajá tenha sido reportado ao Gabinete Provincial da Saúde da Lunda Sul.

O médico solicitou ao Governo o apetrechamento da área, aliás a única na província, tendo em conta o excessivo número de casos hipertensivos e sequelas de AVC que dão entrada na unidade hospitalar.

O Hospital Provincial da Lunda Sul tem 174 camas e conta com 474 funcionários, dos quais 188 enfermeiros e 32 médicos, entre nacionais e estrangeiros.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.