Nos próximos dias iremos ter a oportunidade de contactar com o campo auto sabotador da dúvida , como na verdade ele esconde a zona de segurança da descrença, da falta de Fé, onde queremos ver para voltar a acreditar na nossa intuição... seguir o que sentimos e não ficarmos bloqueados pela dúvida.

Os testes virão de situações externas, de interacções com o mundo, com espelhos exteriores na nossa vida quotidiana, mas que na verdade só nos estão a dar a oportunidade de fechar o ciclo do controle mental, do ter a certeza para mudar a nossa acção, a nossa atitude, face aquilo que já não nos devolve bemestar e realização pessoal.

Um marco fortíssimo a nível de evolução, sem dúvida alguma, mas que fragiliza o ser pois vai ter que derrubar as estruturas de defesa instintiva.

Sintam onde em vocês está a dúvida em acreditar naquilo que já sentem tão fortemente que querem mudar... onde fecham as emoções , os impulsos do momento, para controlar a acção.

É para tomar consciência de uma vivência muito interna, muito bem formatada, onde a mente tem o controle para não deixar a emoção revelar a intuição, não se entrega totalmente, quer perceber como agir para não derrubar a torre que construiu para se defender... deixou de acreditar que uma nova acção, mais sensorial do que mental é o caminho.

Se eu perceber tudo muito bem, nada vai falhar, não me vou vulnerabilizar.

Perde o fluxo da vida, seguir o que sinto e não o que penso que devo fazer.

Entrar nessa intimidade com o campo de dúvida que mascara o controle mental.

Seguir a intuição do momento, apenas desse momento, sem histórias de trás nem de futuros ilusórios, que se perceber, isto não vai falhar.

Seguir o que se sente no momento e ousar seguir essa voz do coração, é contactar com a intuição real, não a intuição regida pelo medo.

Nos próximos dias teremos esta grande oportunidade de ganhar consciência da inteligência emocional, resultado da entrega a seguir a cada momento o que sente que quer e onde está a tentar fugir de sentir. Se fizerem este mergulho encontrarão a quietude , sairão da dispersão.

Dispersão que é resultado de querer ainda controlar a vida, o fluxo que nada pára, essa é a ilusão do ser humano, achar que pára o fluxo da vida, da constante mudança.

Marte retrogrado em sagitário oposto à vénus em gémeos, oposto ao sol em gémeos. Quietude , silêncio... sintam toda a tentativa de perceber e onde vos leva, a instabilidade que cria...

Um Abraço profundo...
Ruth Fairfield
Incondicionalmente rendida ao Universo e às Leis da Vida....
Sobre a autora:
Ruth Fairfield é meu nome e considero-me uma cientista cósmica, pois os astros sempre me encantaram desde muito nova, dedico a minha vida a criar dinâmicas de consciência da influência evolutiva do mundo da energia cósmica e como podemos acompanhar toda a transformação interna , gerir o livre arbítrio, com o mapa da estrada da vida, a matriz astrológica, a impressão digital da nossa alma...
Fiz a formação de astrologia no Quiron, escola de astrologia gerida por Maria Flávia de Monsaraz, várias formações com Alan Oken, José Luis de Nascimento e outros...
Criei uma forma de mesclar todo o conhecimento de astrologia Esotérica, psicológica, kármica e médica e criar uma leitura do movimento da energia num sentido pratico e dinâmico de forma a ajudar as pessoas a conhecerem-se, criarem autonomia e gerirem a sua mudança... a criarem vitalidade, vontade e entrega na sua vida quotidiana…

Incondicionalmente rendida ao Universo e às Leis da Vida....
Ruth Fairfield

Contactos:
Ruth Fairfield
966425493/914632063
http://sunshineruth.wix.com/astrologia
Sunshineruth@gmail.com
https://www.facebook.com/ruth.fairfield
https://www.facebook.com/novo.cristal

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.