Em exclusivo ao SAPO, o consagrado actor e modelo revelou as expectativas em torno da sua participação na actividade que decorre de 4 a 6 do corrente mês, no parque do Miramar.

“Fazer trabalhos em Angola terá sempre um sabor único. Fui praticamente fundador do Angola Fashion Week em 2001 e regressar a uma passarela tão conceituada como esta é muito prazeroso. Podem aguardar para apreciar o melhor de mim, prometo um desfile recheado de classe e elegância. Sobre as marcas, já sei que desfilarei para Américo Tavar, Mimo (de Mi Mosquito) e outras que em breve serão reveladas”, disse.

Fredy Costa

Dividido entre as telas e as passarelas, Fredy aproveitou também a entrevista para tornar público o “status” da sua relação com a moda:

“Comecei na moda e depois fui puxado para a televisão, porém, confesso que a moda já não é a minha prioridade. Trabalhando em moda e televisão ao mesmo tempo, chegou uma hora em que tive de escolher, e escolhi a representação (sem pensar muito) porque me apaixonei mesmo por esta arte. Fui deixando a moda de lado e praticamente desisti, contudo, enquanto existirem condições físicas e psicológicas para fazer moda, abraçarei os trabalhos e convites sem problema algum”, afiançou o criador da linha de roupa interior “Fredy Costa Underwear”.

Fredy Costa

De realçar que, Fredy Costa, que dá vida à personagem Pedro na série Maison Afrochic, brilhou recentemente na trama “Ouro Verde”, da TVI (Portugal) e também na telenovela “Apocalipse”, da TV Record (Brasil).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.