Casacos e cremes ajudam angolanos a combater o frio do cacimbo que começa hoje

Cuidados com a pele e aquisição de roupas adequadas para fazer face à época de frio são algumas das preocupações dos angolanos nos últimos dias, tendo em conta o início, nesta segunda-feira, do período do cacimbo no país.

CREATOR: gd-jpeg v1.0 (using IJG JPEG v80), quality = 95

Conforme a Lusa constatou numa ronda pela capital angolana, a população receia por doenças como a gripe, constipações ou lesões de pele, devido às temperaturas mais baixas e ausência de chuva, prolongando-se o cacimbo ainda até meados de Agosto.

O varredor de rua Manuel Pascoal disse à Lusa estar preocupado com este período, daí ter um cuidado especial. "A ideia é comprar roupas adequadas para nos cobrirmos melhor e nos protegermos do frio. É por isso que tenho um cuidado especial nesta época, preocupo-me muito, fico quase sempre doente devido à mudança do clima", disse.

Apesar dos poucos recursos, diz que vai gastar mais nesta época, por recear algum resfriado ou febre: "Prefiro gastar um pouco mais nesta época no sentido de me precaver das doenças".

Já Alfredo Miguel, estudante de 24 anos, reconhece que a partir de agora vai assumir um "cuidado particular" com o frio, por ter uma "pele sensível".

"Intensifico a quantidade de cremes e óleos que uso para a pele, porque nesse tempo de frio resseca demasiado a minha pele", referiu, enquanto ainda faz contas ao que vai gastar nos próximos três meses.

"Apesar de em Luanda não fazer aquele frio que destrói por completo, os cuidados nunca são demais, até porque vem um frio acompanhado com o calor e o sol extremo. Então é um clima muito complicado", atira ainda.

Usar sempre o casaco e tomar o banho na medida certa são os cuidados que Garcia Vata diz ter para se prevenir de eventuais doenças da época.

"Temos que ter sempre um cuidado especial com esta época. Tem pessoas que não se acostumam com esse clima", acrescenta o funcionário público, de 32 anos.

Adelina Mateus, de 35 anos, é empregada doméstica e tem noção dos cuidados com esta época, que baixa as temperaturas e em que não chove em Angola.

"Quando chega esta época compro casacos, cremes. Sim tenho muitos cuidados para evitar doenças como a febre e a constipação", disse.

O clima de Angola é tropical, basicamente definido por duas estações bem diferenciadas: A seca, denominada de cacimbo, de maio e Setembro, e a outra, quente e chuvosa, de Outubro a maio.

A precipitação média anual (época das chuvas) em Angola varia entre os 1.750 milímetros na zona planáltica central e menos de 100 milímetros do deserto do Namibe, no sul.

Comentários