Os socorristas informaram que o homem, de 33 anos, ficou gravemente ferido na tarde de segunda-feira, ao ser atacado no arquipélago das Whitsundays, em Queensland.

Socorrido com a ajuda de um helicóptero, a vítima acabou por morrer no hospital, segundo a rede estatal ABC.

Uma menina de 12 anos e uma mulher de 46 ficaram gravemente feridas em ataques de tubarão com 24 horas de intervalo nas Whitsundays há cerca de dois meses.

Após oa sequência de incidentes, as autoridades ordenaram o abate de vários tubarões de grande porte na área. 

Os últimos incidentes reavivaram o debate sobre a melhor maneira de se evitar os encontros entre tubarões e praticantes de esportes aquáticos.