Para a Holandesa Marie Cecile Thijs a fotografia é um meio de nos obrigar a revisitar através de imagens contemporâneas as obras de mestres da pintura do passado como Rembrandt, Vermeer ou Frans Hals. O que a artista sediada nos Países Baixos nos convida a revisitar são as cores, a luz e os ambientes de pinturas dos séculos XVI mas, aqui, voltadas para os nossos quotidianos.

Advogada de formação, Marie Cecile dedica-se há perto de duas décadas à fotografia de estúdio e a temas tão diversos como a captação de imagem de animais, personificando-os enquanto figuras históricas, mulheres guerreiras, aves e vasos e, também, chefes de cozinha.

No caso vertente, na série “Cooks”, o que a fotógrafa nos traz é cada um dos visados num ambiente e contexto escolhido pelo próprio. Marie desafia cada um dos cozinheiros e cozinheiras a levar para estúdio a ideia do quadro que pretende ver recriado para a posteridade.

A partir deste repto inicial a fotógrafa encenou todo o quadro com os retratados, conferindo-lhe a sua assinatura. A série que arrancou em 2010, leva quase uma década de trabalho e dezenas de figuras da cozinha “catalogadas”. Um trabalho que tem merecido mostra em diferentes continentes, da Europa, às Américas e Ásia.

Marie Cecile Thijs teve sua primeira mostra retrospetiva em Maastricht, no seu país natal, em 2015. O seu trabalho está incluído nas coleções do Rijksmuseum, em Amesterdão, Museu de Artes Fotográficas de San Diego (MOPA), do Museu Nacional de História e Arte de Luxemburgo, entre outras coleções de arte públicas e privadas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.