O Brasil é o país do mundo que mais destrói floresta primária, muito à frente da República Democrática do Congo, da Indonésia, da Bolívia e do Peru. Em 2019 foram mais de 1,3 milhões de hectares, o equivalente a 13.610 metros quadrados. O número é avançado no novo relatório da Global Forest Watch, uma organização ambientalista que criou uma plataforma digital que faz a monitorização global de florestas do planeta. 95% do desflorestamento registado ocorreu no território ocupado pela Amazónia.

De acordo com o documento, o Brasil foi responsável pela destruição de um terço da floresta virgem do globo. Segundo os valores apurados pela Global Forest Watch, o mundo perdeu 3,8 milhões de hectares de florestas primárias tropicais, uma área que é quase do tamanho da Suíça. "É como se desaparecesse um estádio de futebol a cada seis segundos", sublinha fonte interna da organização internacional. A Bolívia ocupa o quarto lugar da lista por causa dos incêndios que devastaram o país em agosto de 2019.

Os países que mais contribuíram para a destruição da floresta em 2019

1. Brasil - 1.361.094 hectares de floresta virgem destruída

2. República Democrática do Congo - 475.246 hectares de floresta virgem destruída

3. Indonésia - 323.646 hectares de floresta virgem destruída

4. Bolívia - 290.499 hectares de floresta virgem destruída

5. Peru - 161.590 hectares de floresta virgem destruída

6. Malásia - 120.180 hectares de floresta virgem destruída

7. Colômbia - 115.090 hectares de floresta virgem destruída

8. Laos - 72.038 hectares de floresta virgem destruída

9. México - 65.826 hectares de floresta virgem destruída

10. Camboja - 62.886 hectares de floresta virgem destruída

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.