No último dia de outubro celebra-se o Dia Mundial da Poupança, uma data em que todos os Estados pensam como a poupança é importante na vida das sociedades.

Vivemos numa sociedade globalizada em que já não consumimos só dentro do nosso país. As viagens que fazemos e as compras online mostram bem esta tendência. Além disso, as últimas notícias indicam que os portugueses estão a gastar mais dinheiro no estrangeiro especialmente com cartões de crédito. Assim, a preocupação com a poupança não é só portuguesa, mas transversal a todos os Estados.

Dados recentes mostram também que a taxa de poupança dos portugueses é apenas de 4,4% do rendimento disponível, inferior à média europeia de 12%. Nota-se assim que os portugueses têm dificuldades em poupar e tal é necessidade de alerta.

Neste dia sobre a poupança é importante relembrar o consumo que se faz todos os dias e a maneira como poupar pode ajudar a gerir essas despesas.

A euforia do consumo pode-nos fazer gastar mais dinheiro em telemóveis, PCs, férias, carros e outros bens. Muitas dessas compras são feitas através de um crédito pessoal, que como tem taxas de juro mais elevadas, aumenta o custo total da sua compra inicial.

Eis algumas dicas de como pode poupar dinheiro comprando o que gosta também.

Faça a sua pesquisa

Está a pensar comprar um telemóvel ou carro novo? Antes de comprar, faça uma pesquisa do produto que realmente pretende e compare em websites ou lojas. Compare também o produto com outros semelhantes e mais baratos. Na Internet, pode utilizar comparadores dos próprios websites e ver os produtos. Pode também ir a uma loja e tirar notas de cada produto. Assim, quando realizar a sua compra, estará mais familiarizado com o produto.

Prepare as despesas atempadamente

Se já escolheu um produto, pense quanto dinheiro precisa para comprar o mesmo. Com a ferramenta como um desmotivador de compras, poderá saber quantos dias terá de trabalhar para obter esse produto. Utilize esta métrica para planear a sua compra e poupe todos os meses até ter o valor que necessita. Quando as compras são pensadas atempadamente, poderá pagar o valor por inteiro sem recorrer a créditos, deixando de colocar peso no seu orçamento familiar mensalmente com uma prestação com juros elevados.

Deixe passar algum tempo

Se quer comprar um produto, mas não precisa dele no imediato, deixe passar algum tempo pois o seu valor vai muito provavelmente diminuir. Tal pode ser verificado em telemóveis. Uma pessoa comprou um telemóvel em maio, quando estava a ser lançado, e atualmente em outubro já pode ser comprado em algumas promoções por 50 ou 100 euros a menos. Assim, pode utilizar a sua poupança e gastar menos, fazendo uma melhor compra.

Reformule o seu orçamento

Se faz as compras atempadamente e ainda assim sente que terá despesas futuras que lhe vão condicionar muito a sua capacidade de poupança e de cumprir os encargos financeiros, olhe para o seu orçamento familiar e para os créditos que tem.

Pode não acreditar mas há despesas que são passíveis de serem reduzidas: será que pode pagar menos pela sua casa, transferindo o seu crédito habitação para uma outra entidade que apresente melhores condições? Será que pode pagar menos pelos seus seguros? Será que pode renegociar o valor do pacote de telecomunicações que tem em sua casa? Será que a sua dívida de cartão de crédito pode ser eliminada com recurso a um crédito pessoal, que tem uma taxa de juro menor?

Todas estas questões podem e devem ser equacionadas, pois se conseguir reduzir o valor dos seus encargos mensais, poderá ter mais espaço para poupar e manter o seu estilo de vida.

O Dia Mundial da Poupança é o dia ideal para investir na sua literacia financeira para compreender melhor o seu orçamento familiar. Boas poupanças!

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.