O tétano é uma doença não contagiosa provocada por uma toxina (toxoide tetânico) produzida por uma bactéria presente no solo, principalmente em superfícies sujas ou contaminadas por dejetos de animais. «Pode, ainda, ser contraída através de feridas abertas ou queimaduras que contactem com metais enferrujados, farpas de madeira ou espinhos», esclarece Tiago Maricoto, médico de família na USF Aveiro-Aradas e membro da direção nacional da Associação Portuguesa de Medicina Geral  e Familiar.

Esta afeta o sistema nervoso central e manifesta-se por contrações e espasmos musculares intensos, que podem ser localizados ou em todo o corpo. «Embora seja muito pouco frequente em Portugal e nos países desenvolvidos, pode causar sintomas graves e cerca de 30% dos casos chegam a ser fatais. No caso de recém-nascidos, esse valor pode chegar aos 70%», afirma ainda o especialista.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.