O caso doi diagnosticado numa pessoa que viajou para a Tailândia recentemente. A pessoa oriunda de Wuhan, China, foi hospitalizada na Tailândia a 8 de janeiro após ser diagnosticada com uma pneumonia leve.

"Os testes de laboratório confirmaram mais tarde que o novo vírus era a causa" do internamento, disse o porta-voz da OMS, Tarik Jasarevic, por e-mail à AFP.

No sábado, as autoridades de saúde chinesas anunciaram o primeiro óbito provocado pelo misterioso surto de pneumonia que os especialistas atribuem a um novo vírus da família da SARS (Síndrome Respiratória Aguda Grave).

A Comissão de Saúde da cidade de Wuhan (centro) informou que, das 41 pessoas diagnosticadas com este novo coronavírus, uma faleceu, e outras sete se encontram em estado grave.

A infeção foi confirmada pela primeira vez em dezembro, em Wuhan, e inicialmente despertou temores sobre o ressurgimento do vírus da SARS. Altamente contagioso, foi responsável pela morte de cerca de 800 pessoas, a maioria na China, nos anos 2000.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.