O fim do tratamento coincidiu com o seu 8º aniversário e Zoe, “uma criança notável”, segundo a sua mãe, Sheena, decidiu que a melhor maneira de celebrar esta data era doando presentes para outras crianças.

"Ela disse-me Mãe, eu já tenho tudo o que preciso. Quero dar presentes aos outros meninos e meninas que ainda estão no hospital".

Quando foi diagnosticado, o cancro de Zoe já se encontrava em estágio 4, o que significa que havia metastisado um pouco por todo o corpo da criança. Como tal, o tratamento a que a menina foi sujeita foi extremamente agressivo, tendo incluído quimioterapia, transplante de células estaminais, radioterapia, cirurgias e imunoterapia.

Ao fim de 16 meses, Zoe entrou em remissão.

“Não há palavras para agradecer todo o trabalho que os profissionais do Kaiser Permanente Los Angeles Medical Center tiveram connosco”.

“Estamos otimistas, apesar de não sabermos o que o futuro reserva para Zoe. Os médicos avisaram-nos que a taxa de recidiva para o neuroblastoma é de 50% e que, caso ocorra uma recidiva, não existe cura. Mas vai correr tudo bem!”, exclama Sheena.

A festa de aniversário de Zoe foi um sucesso. No convite, a criança pediu aos seus convidados que levassem um brinquedo, não para ela, mas para outras crianças que, tal como Zoe, foram obrigadas a lutar contra um cancro.

No total, Zoe angariou mais de 200 presentes e 750 dólares (cerca de 668 euros), que serão distribuídos por todas as crianças internadas no Kaiser Permanente Los Angeles Medical Center.

“Esta é a nossa maneira de retribuir todo o carinho que recebemos”, disse Sheena.

Fonte: PIPOP

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.