Os novos casos foram diagnosticados num universo de mil e 59 pacientes que afluíram às consultas externas, dos quais 60 são maiores de 14 anos de idade, segundo uma nota de imprensa dessa unidade hospitalar, chegada esta sexta-feira à Angop.

De acordo com o documento, no período em análise o sanatório registou, igualmente, 125 casos positivos de malária, 39 de HIV/Sida, três doentes recaídos ao tratamento e dois de tuberculose extra-pulmonar.

Nesse período, ainda foi registado  internamento de 41 pacientes, incluindo os dos meses anteriores, sendo que desse número 13 receberam altas por melhoria e oito foram transferidos por padecerem de outras enfermidades.

No trimestre em análise, 102 outros pacientes foram submetidos ao tratamento ambulatório.

Um médico de nacionalidade vietnamita e 117 enfermeiros, entre outros técnicos administrativos, asseguram o funcionamento da unidade sanitária.