Segundo o documento chegado hoje, segunda-feira, à Angop, na cidade de Luena, os casos foram diagnosticados em consultas externas feitas a quatro mil e 584 pacientes.

No período em causa, salienta a nota, o hospital diagnosticou ainda 266 casos positivos de malária, 153 de VIH/SIDA, 65 de tuberculose extra-pulmonar e situações de 11 recaídas de pacientes com tuberculose pulmonar.

Foram internados, no período em referência, 295 pacientes, dos quais 182 receberam alta por melhoria, 30 abandonaram o tratamento, oito foram transferidos para outras unidades sanitárias e 898 fizeram tratamento ambulatório.

O Hospital Sanatório do Moxico conta com um médico especializado de nacionalidade vietnamita e 117 outros técnicos, entre enfermeiros e trabalhadores administrativos.