A informação foi prestada pelo chefe de departamento de saúde pública e controlo de endemias, Isaías Sambunga Cambissi, em declarações hoje (quinta-feira) à Angop, afirmando que no mesmo período foram testados 27 mil e 704 pessoas.

Segundo ele, na mesma época foram registadas 27 mortes pela doença.

Avançou que dos casos positivos diagnosticados, 30 porcento são mulheres gestantes.

Tendo em conta o impacto negativo da doença na sociedade, o sector da saúde e parceiros continuam a sensibilização a população sobre a enfermidade.

Nas palestras, realizadas nos Centros de Aconselhamento e Testagem Voluntária (CATV) as famílias são esclarecidas das formas de transmissão, uso correcto do preservativo e combate ao estigma.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.