O trabalho cirurgico é de iniciativa do Gabinete Provincial da Saúde  do Namibe, que manteve contacto com o médico Mayanda Inocente para que pudesse operar as crianças.

O especialista considerou estável o estado das crianças, informando que duas que padecem de hidrocefalia e  mal formação congénita  vão passar por um período de fisioterapia.

“A terceira,  com hematoma intra-cranial, vai passar por  cuidados intensivos  e posteriormente  para um período de fisioterapia”, disse o médico.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.