Há 11 países que, até agora, ainda não reportaram qualquer caso de COVID-19 no seu território. A informação é avançada pela Universidade Johns Hopkins, em Baltimore, em Maryland, nos EUA. Um deles é o Quiribáti, um país soberano composto por 33 ilhas, com atóis e recifes espalhados por uma vasta área ao centro do oceano Pacífico. As Ilhas Marshall, um país indefendente da Micronésia que depende militarmente dos EUA, não muito longe, também figura na lista compilada pela universidade.

Nauru, um país insular do hemisfério sul, localizado na Oceania, que ocupa uma área de 21 quilómetros quadrados, também não contabiliza casos de infeção de SARS-CoV-2. Ainda mais pequeno do que o território da Amadora, o quinto menor município do país apesar de ser um dos mais povoados, é o menor país insular do mundo. A Coreia do Norte e Palau, outro dos pequenos países insulares da Micronésia, no oceano Pacífico, também não reportaram oficialmente qualquer caso de COVID-19.

Samoa, um estado soberano polinésio, também tem conseguido escapar ao surto viral que confinou o mundo, à semelhança das ilhas Salomão, um antigo protetorado britânico que decretou a independência em 1978, apesar de manter a raínha Isabel II como chefe de estado desta monarquia constitucional. Tonga, Tuvalu e Vanuatu, outros dos países que integram a Oceania, também não registaram casos de infeção, tal como o Turquemenistão, um país asiático que continua sem SARS-CoV-2.

De acordo com os dados compilados pela Universidade Johns Hopkins, nos EUA, o novo coronavírus já infetou mais de 18,8 milhões de pessoas em todo o mundo, matando mais de 700.000. Mais de 11 milhões recuperaram. O novo coronavírus, que pode causar infeções respiratórias, transmite-se através de fluidos corporais como as gotículas da saliva e da mucosa. No fim de 2019, parecia estar confinado à China mas, no início deste ano, começou a circular. Até ao momento, já atingiu 188 países.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.