A informação foi avançada hoje, terça-feira, à Angop pelo porta-voz da Unitel, entidade promotora da feira, José Manuel, referindo que foram assistidos 656 adultos, 236 crianças, 169 mulheres gestantes e 67 geriatria (consulta de idosos).

A feira contou com sessões de esclarecimento sobre cuidados primário de saúde, que abrangeu 508 pessoas, contabilizando 36 mil e 360 doses de medicamentos distribuídos e 950 mosquiteiros impregnados.

Informou que foram também realizadas acções de rastreio de nutrição, ortopedia, fisioterapia, medicina geral, cardiologia, oftalmologia e oncologia.

A Unitel contou com 100 profissionais da saúde, entre médicos, enfermeiros, técnicos de diagnósticos e farmacêuticos.

A feira teve ainda parceiros como governo provincial do Cunene, Instituto de Emergências Médicas e o Ministério do Interior.

Sob o lema “Garantir qualidade de vida é apostar na promoção da saúde e prevenção de doenças”, a feira da saúde Unitel é  um evento social e tem como objectivo proporcionar à população  acesso gratuito a consultas médicas.

O evento é realizado desde 2015 e até ao momento cerca de 72 mil pessoas já beneficiaram da assistência  em 15 províncias, das 18 existentes no país.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.