Em destaque

Papaia verde, manga e bife mal passado

Encontra papaias e mangas verdes em supermercados asiáticos, mas, caso não conheça nenhum perto de si, procure antes fruta que ainda não esteja madura.

Ingredientes

Cebolinhas aparadas, cortadas ao meio e em juliana 3
Azeite ½ colher de sopa
Carne da aba 180 g
Papaia verde ou que ainda não esteja madura 1 (cerca de 350 g), descascada e descaroçada
Manga pequena verde ou que ainda não esteja madura 1(cerca de 450 g), descascada e descaroçada
Hortelã (folhas) 30 g
Coentros, só as folhas 30 g
Sal e pimenta preta moída usar q.b.

Para o molho

Dente de alho pequeno 1
Malagueta olho-de-pássaro 1
Açucar em pó 1 colher de sopa
Sumo de 2 limas -
Molho de peixe 1 colher de sopa

Para guarnecer

Mistura de sementes de sésamo pretas e brancas 2 colheres de sopa
Chalotas fritas estaladiças (opcional) 2 colheres de sopa
Amendoins torrados, grosseiramente picados 20 g
Malagueta vermelha cortada em rodelas finas 1

Preparação

Coloque as cebolinhas cortadas em juliana numa tigela com água bem fria e reserve. Isto torna as cebolinhas estaladiças e fá-las encarquilhar lindamente.

Deite um fio de azeite sobre a carne e tempere. Frite o bife numa frigideira bem quente, durante um a dois minutos de cada lado — um pouco mais, se o bife for grosso (embora deva ser bastante fino). Reserve.

Trate do molho. Com um almofariz, esmague o alho, a malagueta e o açúcar, até obter uma pasta uniforme. Junte o sumo de lima, o molho de peixe e uma colher de sopa de água.

Misture bem e reserve.

Rale finamente a papaia e a manga. Gosto de utilizar o acessório de ralar da mandolina, mas se a fruta estiver demasiado mole, o melhor é cortar finamente a fruta em juliana à mão.

Quando estiver pronta para servir, junte a papaia, a manga, as cebolinhas e as ervas aromáticas com o molho.

Corte a carne contra os nervos em fatias bem finas e sirva ao lado, guarnecida com as sementes de sésamo, as chalotas fritas estaladiças, os amendoins e a malagueta.

Receita do parceiro

Em destaque

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos ao seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.