O profissional, que é um dos rostos do programa “Fala Angola” da TV Zimbo, está indicado à categoria “Contributo do Ano Informação 2019”. Por esta razão, em exclusivo ao SAPO, Fula referiu que a nomeação representa o desabrochar de uma semente que foi lançada à terra e que depois de muita rega germinou.

O repórter, que durante a conversa confessou que não esperava ver o seu trabalho reconhecido, diz identificar nesta nomeação um sinal de que “a chuva pode cair a qualquer momento”.

Se for eleito o grande vencedor, Virgílio promete dedicar a vitória à sua falecida mãe. “Caso vença este prémio dedicarei à minha mãe que partiu para a eternidade no dia 25 de Janeiro deste ano”, disse.

Na mesma categoria concorrem ainda profissionais como Sílvia Samara e Cabingano Manuel, da TPA 1, e Marcelina Gomes, da TV Zimbo.

Desafiado a indicar um concorrente que, na sua perspectiva, seria verdadeiramente merecedor do título, Fula rematou sem qualquer inibição:

“Se assim pudesse, concederia o troféu ao Cabingano Manuel, um profissional de excelência que veio ‘de baixo’ e não permitiu que o sucesso o subisse à cabeça, sou mesmo fã dele. Amo pessoas humildes, fazem o meu tipo”, acrescentou.

De referir que o Moda Luanda, que vai já na 23ª edição, acontecerá pela primeira vez num formato virtual, no próximo dia 21 deste mês.

Confira aqui a lista de nomeados.

 

 

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.