Sob o lema “Empreendedorismo Feminino”, aconteceu neste sábado, 19, no Centro de Convenções de Talatona, em Luanda, a 23ª edição da gala Miss Angola.

Numa gala recheada de glamour e emoção e após uma disputa que reuniu dezoito fortes candidatas, Satett Miguel, representante da província do Cuanza Sul, foi eleita a mulher mais bela de Angola, sucedendo assim o reinado de Ana Avião.

Uma performance de dança tradicional, três fantásticos desfiles (traje típico, fato de banho e traje de gala) e actuações musicais nas vozes de Cláudio Fénix, Yannick Afroman, Rui Orlando, Toty Sa’Med e Yola Semedo fizeram as atracções da noite que contou com Igor Benza e Zuleica Wilson como anfitriões.

A resposta das candidatas às questões sobre cultura geral garantiu ao júri uma melhor percepção sobre qual a merecedora da cobiçada coroa.

A mesa composta pelos jurados Carlos Morais, Stiviandra Oliveira, Amélia Rita, Ermelinda Matos, Ana Sebastião, Walter Faustino, Nadir Ferreira e Soraia da Piedade atribuiu então a seguinte classificação:

- Miss Angola 2019: Salett Miguel, Província do Cuanza Sul
- 1ª dama de honor: Paula Ngaça, Província de Benguela
- 2ª dama de honor: Nilda Songo, Província de Malanje

- Miss Simpatia: Nilda Songo, Província de Malanje
- Miss Fotogenia: Dádiva Vicente, Província de Cabinda
- Melhor Traje Típico: Ludmila Pelivavala, Província do Cunene

De referir que a vencedora, que mede 1 metro e 80 centímetros, tem 20 anos de idade, e é estudante universitária do curso de Ciências Políticas. Salett vai representar o país na próxima edição do concurso internacional Miss Universo, a decorrer em Dezembro deste ano, em local a indicar.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.