De acordo com uma nota enviada ao SAPO, a agência de modelos Da Banda Model Management marcou presença com quatro dos seus modelos, nomeadamente Alécia Morais, Martim Canavarro, Rufane Tomás e Sompa António, que emprestaram o seu brilho às passarelas.

Alécia Morais, a modelo que tem trabalhado com a Elle Itália, Elle Uk, Marie Claire Mexico y America Latina, Mizani e Shiseido, pisou a passarela nortenha para seis marcas. A modelo natural de Cabo Verde, desfilou para Alexandra Moura, Alves/Gonçalves, Diogo Miranda, Miguel Vieira, Gladz e MLV.

O primeiro modelo masculino de nacionalidade portuguesa agenciado pela Da Banda Model Management, Martim Canavarro, voltou a afirmar o seu potencial no primeiro dia do Bloom Portugal Fashion. Lost Signal, Enrico Vettorazzo, Pietro Fadda e Rita Sá foram alguns dos nomes dos criadores do primeiro dia. Na sua estreia no Portugal Fashion, Martim teve o privilégio de ser convidado a desfilar para o conceituado designer de moda, Miguel Vieira. O mais recente modelo também desfilou para Nycole.

Sompa António, a angolana que desfilou para Balmain na semana da moda de Paris e somou oito desfiles na ModaLisboa, regressa ao Porto para acrescentar dez desfiles ao seu currículo. Arieiv, Modatex e Unflower foram três dos jovens criadores que escolheram Sompa para apresentar a sua coleçcão no Bloom Portugal Fashion. Sompa também se destacou para Alexandra Moura, Alves/Gonçalves, Luís Buchinho, Maria Gambina, Nicolas Lecourt Maison, Gladz e MLV.

Por fim, a angolana Rufane Tomás foi uma das modelos a apresentar a coleção Primavera/Verão 2020 da dupla Marques’Almeida, em Serralves. Os restantes desfiles com lugar na Alfândega do Porto, foram para Concreto, Maria Gambina, Meam e Pé de Chumbo, onde a modelo foi a escolhida para abrilhantar a abertura.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.