Todas as mulheres têm dúvidas quanto ao que é apropriado vestir para o local de trabalho. Se deve levar saltos altos e um blazer ou ténis e uma blusa. São várias as dúvidas e a frustração aumenta dia após dia, sem saber o que vestir todas as manhãs. Para conseguir ser bem sucedida a esse nível, é importante conhecer o seu próprio corpo e não ignorar o dresscode da empresa onde trabalha.

Desconhecer o dresscode da empresa

Todas as empresas são diferentes, umas mais formais outras menos. É essencial que perceba qual o género da empresa e qual o seu código de vestuário. Se é necessário usar blazer e saltos ou se pode ir de ténis e calças de ganga. São pormenores importantes que devem ser conhecidos e seguidos.

Comprimentos pequenos

Ao tentar decidir o vestuário para o trabalho, por vezes pode confundir roupa profissional com roupa de sair à noite. É caso disso quando se usa vestidos ou saias muito curtas no trabalho. Acaba por parecer indecente e nada profissional. A medida ideal é até quatro dedos acima do joelho. Para além do comprimento, também tem de ter em atenção o tipo de tecido (se não começa a subir ou outra coisa que possa causar constrangimentos). Mas, nada melhor do que testar por isso, experimente vestir a peça e sentar-se à frente de um espelho e andar com a mesma por casa.

Transparências exageradas

As transparências podem ser usadas, mas com moderação. Um detalhe na manga, no colo ou no ombro são completamente inofensivos para um local de trabalho.

Acessórios em demasia

Apesar de por vezes serem a peça chave de certos looks, outras vezes acabam por ser incómodos e impróprios para trabalhar. Utilize-os com moderação, apenas para completar o conjunto. Não utilize bijutaria barulhenta, pois acabará por incomodar as pessoas que estão a trabalhar à sua volta.

Decotes muito abertos

Utilize o bom senso na hora da escolha do seu look. O decote em V pode ser usado, mas com alguma contenção no seu comprimento. O decote deve chegar até onde se iniciam os seios.

Saltos e sapatos

O calçado mais adequado depende de trabalho para trabalho. Se precisar de usar saltos, utilize entre 3 a 5 centímetros para que não prejudique tanto a sua saúde. Já as botas de cano alto, como as over the knee, para além de serem mais incómodas, são também demasiado sensuais para o trabalho.

Alças à mostra

Se tem funções mais formais, o sutiã à mostra é muito inapropriado. Aposte em blusas que não deixem o mesmo ou as suas alças à mostra ou utilize um cai cai como alternativa.

Peças demasiado justas

Roupas justas, mesmo sendo compridas, não são uma boa opção para o trabalho. Malhas finas, tecidos leves ou elásticos marcam todas as zonas do corpo e podem subir, mostrando mais do que se quer.

Higiene

Para além da roupa há outros aspetos a ter em conta. A higiene do cabelo, dos dentes e do corpo é fundamental no trabalho. Unhas bem feitas e ter a depilação em dia nos pontos mais vistos, como as pernas e axilas, é essencial.

Extravagâncias

Unhas super compridas, quase como garras, podem ser aquilo que você gosta, mas nem sempre são ideais para certas funções (como digitar). Usar perfume a mais, falar alto, estar mais atento aos colegas que ao trabalho e ficar muito tempo no telemóvel, são outros aspetos que não devem constar no seu local de trabalho.

Guardar