Peito volumoso, ventre saliente, cintura, ancas ou ombros largos e/ou ainda coxas e nádegas proeminentes. Diagnosticámos as principais zonas críticas da silhueta feminina e, com a ajuda de uma consultora de imagem, apresentamos-lhe as soluções mais indicadas para disfarçar cada um deles. Depois de as conhecer, irá descobrir que, muito provavelmente, até já tem algumas das peças aconselhadas no seu guarda-roupa. Siga estas recomendações à regra e valorize-se!

Tem um peito volumoso? Use um top com decote em V

Este é um dos problemas que limita as opções. "Quando o objetivo é diminuir o volume do peito, os tops com decote em V são a opção mais indicada e que proporciona maior conforto. Por outro lado, há peças que não deve usar, como é o caso de tops ou camisas de tons vibrantes, claros ou luminosos", aconselha Cláudia Nascimento.

Peças com detalhes na zona do peito, como é o caso de folhos, laços, drapeados ou bordados, também são de evitar, pois estes só acrescentam volume ao decote. O truque para se sentir mais confortável consiste em dar destaque a outras zonas do corpo, como as linhas do rosto, através da maquilhagem, de um bom corte de cabelo e de brincos bonitos e vistosos.

Tem a barriga proeminente? Disfarce-a com um vestido de corte império

O drama de muitas mulheres concentra-se na barriga, por isso nada melhor do que usar peças soltas e confortáveis que não evidenciem o problema. "O vestido de corte império é a peça ideal para disfarçar uma barriga proeminente", afirma a especialista em imagem.

As texturas devem ser lisas e fluídas e, na parte superior, idealmente deve usar cores mais escuras. Quanto aos padrões, "as riscas verticais alongam e adelgaçam a silhueta, ao contrário das bolas, padrões de grandes dimensões e muito coloridos", aconselha a consultora Cláudia Nascimento.

Tem os ombros largos? A solução passa por um blazer com riscas verticais

Se os seus ombros não a deixam confortável com alguns modelos de roupa, um blazer com riscas verticais pode ser o aliado certo. "Um blazer com riscas verticais finas e próximas ajuda a diminuir ombros demasiado largos", afirma Cláudia Nascimento.

Segundo a consultora de imagem, deve preferir "tons mais escuros e sem brilho e evitar os modelos com ombreiras, pois estas acrescentam volume". Se pretender dar ênfase à sua cintura, "opte por blazers que se abram em A a partir da mesma e sobreponha-o a um top ou blusa com decote em V profundo", acrescenta.

Tem as coxas e o rabo proeminente? Vista uma saia em linha A

A saia evasê é a mais indicada para suavizar a linha das coxas e diminuir um rabo proeminente, ao contrário da maioria das calças que tendem a marcar estas zonas. Para estes casos, "estão proibidos os detalhes volumosos, bem como as riscas horizontais", diz a consultora, apontando ainda outro truque.

"Use casacos, camisas e blusas que não terminem na extensão das coxas. Estes devem cobrir o rabo até a metade, normalmente a parte mais volumosa", sublinha.

Tem as ancas largas? Opte por umas calças de corte reto

Minimize as ancas vestindo calças de corte reto que suavizem a largura da anca e alonguem as pernas. Para conseguir este efeito, não se esqueça que a bainha deve chegar ao peito do pé. E porque o preto nunca compromete, aposte em tons escuros,
mais indicados para adelgaçar a silhueta.

"Dê preferência a tecidos fluidos e pesados e, se gostar de padrões, opte por algo simples, como a risca de giz, sempre discreto e elegante", afirma a consultora. Para contrastar, arrisque em tons alegres para o tronco, "conjugando as calças com blusas e camisas de cores apelativas, com desenhos e impressões", sugere.

Tem a cintura larga? O trench coat disfarça-a

É uma das peças essenciais para disfarçar uma cintura menos definida. "Ao ser marcada pelo cinto do casaco, a cintura torna-se mais estreita e evidencia-se face aos ombros e anca", refere Cláudia Nascimento. Pode ainda conjugá-lo com peças, como "calças com padrões apelativos, como o xadrez, pois estes dão a ilusão de maior volume", sublinha.

"Ao aumentar a largura da anca, a cintura parecerá mais pequena", garante a especialista. Não se esqueça também de apostar nos cintos, que dão volume e camuflam a ausência de cintura.

Texto: Raquel Pires com Cláudia Nascimento (consultora de imagem e comunicação)

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.