Comprar um sutiã não é uma tarefa complicada apenas para o sexo masculino. Também é um verdadeiro bicho de sete cabeças para muitas mulheres. Margarida Furst, sócia fundadora da Dama de Copas, loja especializada em bra fitting e consultoria de lingerie, contacta todos os dias com mulheres que não sabem indicar ou que indicam erradamente, como sublinha, as duas referências essenciais para um sutiã ajustado, o tamanho e a copa. Sendo uma peça que tem a importante função de sustentar o peito e de ser «a base para a roupa assentar», convém saber qual escolher para cada situação.

Segundo dados fornecidos pela responsável desta loja, com base na avaliação que tem feito ao longo dos anos, cerca de «30 por cento das mulheres adequa-se ao modelo balconnet, com decote médio e alças na ponta das copas». «Logo a seguir, o full cup, mais subido na copa, abarca o peito por completo e é a escolha de 29 por cento», revela ainda. «A maioria (70 por cento) prefere copas moles, sem espuma, que se adaptam mais à fisionomia do peito e suportam-no melhor», acrescenta ainda a especialista.

3 pormenores a ter em consideração

1. As duas referências necessárias

O tamanho é definido por duas referências. Um número, relativo à largura do tórax, por baixo do peito e, depois, uma letra, que indica o tamanho da copa. A diferença entre o perímetro do tórax e o volume do peito.

2. A versatilidade dos modelos

O número certo pode variar consoante o modelo. Não fique presa a uma referência. Experimente sempre o sutiã na loja.

3. A evolução do corpo feminino

Uma mulher muda de tamanho de peito pelo menos seis vezes ao longo da vida, pelo que o modelo que melhor a servia há uns anos pode não ser o mais adequado atualmente.

Veja na página seguinte: Como escolher o melhor modelo para si

Como escolher o melhor modelo para si

Existem vários fatores a ter em conta no momento de ir às compras:

- Tamanho

Escolha um modelo que fique justo nas costas quando apertado no colchete da ponta. Este é o apoio mais importante, uma vez que suporta 60 a 70 por cento do peso do peito.

- Alças

Devem ficar justas, sem vincar os ombros, nem descair.

- Copas

Devem encaixar completamente o peito, não permitindo que saia delas. Os seios devem manter-se separados entre si.

- Aro

Deve manter-se por baixo do peito, sem pisá-lo.

- Modelo

O full cup utiliza-se em roupa mais subida, sem decote; o balconnet ou half cup é indicado para decotes redondos; com roupa justa sem decote, deve utilizar um sutiã almofadado sem costuras, com copa balconnet mais subida. Os push up tentam criar algum volume ou decote, funcionando, essencialmente, em peitos pequenos.

Quantos sutiãs devemos ter?

«Devemos ter, no mínimo, três sutiãs», defende Margarida Furst. «Um a usar, um a lavar e um a repousar (na gaveta). E, se possível, que cumpram seis fins. Usar com roupa transparente, com roupa subida, com decotes, roupa justa, um cai-cai e um desportivo», enumera a especialista.

Veja na página seguinte: Os cuidados a ter com a lavagem dos sutiãs

Quais os cuidados a ter com a lavagem?

«A lavagem deve ser sempre feita à mão (evitando a centrifugação), com água fria e um detergente para roupa delicada. Deve ser pendurado pelas alças e mantido à sombra», recomenda a sócia fundadora da Dama de Copas.

O que é indispensável num modelo de desporto?

«A sustentação», destaca Margarida Furst. «O sutiã deve imobilizar o peito mas nunca espalmá-lo. Evite tamanhos standard (S/M/L) e escolha o modelo mais confortável. Nas atividades em que o peito não mexe tanto (yoga), o sutiã não precisa de ter aros», afirma ainda.

Texto: Catarina Caldeira Baguinho com Margarida Furst (consultora de bra fitting e sócia fundadora da Dama de Copas)

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.