Em Cabinda, a obrigatoriedade do uso de do traje tradicional pelos alunos do ensino geral, todas as quarta-feira, é uma forma de preservação e valorização das tradições da região, afirmou nesta segunda-feira o governador província de Cabinda, Eugénio Laborinho.

O governante, que falava na cerimónia de abertura VI Conselho Consultivo Alargado do Ministério da Cultura (Mincult) explicou que a medida visa levar a juventude a valorizar a tradição nacional e mostrar a riqueza do mosaico cultural angolano.

A província de Cabinda, ressaltou, possui um museu regional onde estão expostas peças que retratam o passado histórico da região e não só, um centro cultural cuja finalidade é desenvolver actividades nas áreas da música, dança, artes cénicas e visuais.

Reconheceu que Governo tem estado a desenvolver acções de requalificação de monumentos e sítios e estudos sobre a actividade económica do passado, entre outras actividades de recolha de cervo para o enriquecimento do museu regional.

Enalteceu a intervenção do Mincult aquando do desabamento da parte frontal da Igreja do São Tiago Maior de Lândana, o primeiro monumento histórico classificado, augurando que a sua recuperação seja uma realidade nos próximos tempos.

No encontro, com duração de três dias, os quadros do sector Cultural vão ainda abordar questões ligadas ao património e turismo cultural, à municipalização dos serviços culturais e ao desenvolvimento da indústria cultural.

A reunião inclui igualmente uma mesa redonda ministerial sob moderação de Carolina Cerqueira, bem como visitas a locais turísticos e culturais.