Victoria Beckham está no centro de uma nova polémica relacionada com a sua marca de roupa. Em causa está agora o facto de a designer ter despedido 30 funcionários da sua empresa durante a pandemia do novo coronavírus.

A decisão da mulher de David Beckham não surpreende, uma vez que as dificuldades financeiras da empresa da ex-Spice Girl já eram notadas há alguns meses. Porém, a motivar as críticas está o facto de os despedimentos terem ocorrido numa altura em que muitas pessoas necessitam de ajuda financeira e as celebridades se têm disponibilizado a fazê-lo.

Com uma fortuna avultada, o casal Beckham enfrenta agora acusações relacionadas ao facto de não se terem preocupado com o bem-estar dos seus funcionários.

Leia Também: Internado com Covid-19, ator Nick Cordero sofre amputação da perna

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.