O clã Kardashian não tem passado de todo despercebido ao longo de todos estes anos, estando muitas vezes envolvido em várias polémicas. Desta vez é o alegado envolvimento da melhor amiga de Kylie Jenner, Jordyn Woods, com o agora ex-namorado de Khloé Kardashian, Tristan Thompson, que tem dado muito que falar.

E depois de tudo o que foi dito, Khloé voltou a falar sobre o escândalo de traição, afirmando que o culpado pela separação é Tristan e não Jordyn Woods.

Depois de ter, alegadamente, culpado Jordyn por causa do alegado envolvimento com Tristan, levando a que fosse alvo de várias críticas, agora a celebridade explica que o culpado de toda esta história é o ‘ex’ e pai da sua filha, True, que está prestes a completar um ano.

“Esta tem sido uma semana horrível e sei que todos estão cansados de ouvir falar nesta história (assim como eu)”, escreveu Khloé no Twitter este sábado. “Estou numa montanha-russa de emoções e disse coisas que não devia ter dito. Honestamente, a traição e humilhação do Tristan não foi um choque tão grande como da primeira vez”, acrescentou, referindo-se ao envolvimento do ‘ex’ com outras mulheres pouco tempo antes de dar à luz, no ano passado.

“O que tem sido mais difícil e doloroso é ter sido magoada por alguém tão próximo. Alguém que amo e que trato como uma irmã. Mas a Jordyn não deve ser acusada de ser culpada pela separação da minha família. A culpa disso é do Tristan. Tenho que seguir em frente com a minha vida”, partilhou ainda.

Recorde-se que Jordyn Woods admitiu recentemente que beijou Tristan, assegurando que “não houve paixão e foi só um beijo de lábios, sem língua".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.