Pete Davidson quebrou o silêncio sobre a sua separação de Ariana Grande. “Bem, como vocês poderiam dizer, não quero estar aqui. Há muitas coisas que se estão a passar”, afirmou o comediante durante um espetáculo que dividiu com Judd Apatow.

Aliás, Pete aproveitou mesmo o assunto para brincar: “Que se lixem os meus sentimentos”, afirmou, acrescentando que se sentia como um bom rapaz “que tinha levado um pontapé”.

Em referência às tatuagens que ambos fizeram durante os cinco meses de relacionamento, Pete disse: “Sim, estou com medo de tatuar a minha mãe”, continuou.

Na medida em que estava a viver na casa da cantora, Davidson também referiu: “Alguém tem quartos disponíveis ou está à procura de um companheiro de quarto?”.

Segundo a imprensa internacional, o relacionamento terá terminado sobretudo devido à morte do ex-namorado de Ariana Grande, Mac Miller, facto que a deixou bastante transtornada. “Ambas as partes perceberam que simplesmente não era o momento certo para o relacionamento avançar”, afirmou uma fonte ao site de entretenimento TMZ referindo-se ao casamento, na medida em que ambos já estavam noivos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.