O mistério da maternidade do filho mais velho de Cristiano Ronaldo, Cristiano Ronaldo dos Santos Júnior, nascido a 17 de junho de 2010, arrasta-se há 10 anos. Afinal quem é a mãe do primogénito de CR7? Esta é uma pergunta que dificilmente terá uma resposta oficial por parte do futebolista, que ao longo da última década, à semelhança da mãe e dos irmãos, sempre se furtou à questão. A única a abordar o tema numa entrevista foi Elma Aveiro, a irmã mais velha do jogador de futebol madeirense.

"A mãe não está presente, e o pai um dia vai explicar o porquê", limitou-se a responder a empresária numa entrevista à SIC. Depois do nascimento da criança, a mãe de Cristiano Ronaldo foi buscar o neto, que ajudaria a criar, a Nova Iorque, nos EUA. "Acabei por ser mãe e avó ao mesmo tempo", admitiria, em outubro do ano passado, em conversa com Cristina Ferreira, em "O programa da Cristina". "Em Madrid, vivia para o Cristianinho", confidencia. "É um menino muito especial, mesmo", assumiu.

A notícia do nascimento do primeiro filho do futebolista foi dada pelo próprio jogador numa publicação que fez no Facebook, a 29 de junho de 2010, quase duas semanas após o nascimento do primeiro herdeiro, logo após a eliminação de Portugal do campeonato do mundo de futebol desse ano, que se realizou na África do Sul. "No post, o avançado limitou-se a dizer que teria guarda exclusiva do filho e que a mãe, em comum acordo com ele, preferia ter sua identidade preservada", recorda o blogger Rafael Reis, autor de um dos artigos que reunem as várias teses avançadas na altura.

"O mistério em torno da origem de Cristianinho provocou uma onda de especulações e de rumores nas redes sociais e na imprensa do mundo todo", lembra o brasileiro, que abordou o assunto no seu blogue em dezembro de 2016. "Uma das teorias que atraiu mais adeptos foi a de que Cristiano Ronaldo teria contratado uma barriga de aluguer com traços físicos semelhantes aos seus para ter um filho à sua imagem e semelhança. De facto, o garoto é a cara do pai", considera mesmo Rafael Reis.

Ainda em 2010, Nereida Gallardo, uma das ex-namoradas do desportista português, deu uma entrevista a um canal de televisão e afirmou, na altura, que a mãe de Cristiano Ronaldo dos Santos Júnior "é uma inglesa com quem o [antigo] astro do Real Madrid teve um caso de uma noite". "De acordo com a modelo, essa inglesa tê-la-à procurado alguns meses antes do anúncio no nascimento do garoto", refere Rafael Reis. Na altura, vários órgãos de informação deram eco a essa afirmação.

O jornal britânico Daily Mirror avançaria, depois, com outra tese. "Publicou que a mãe do filho de Cristiano Ronaldo é uma empregada de mesa que morava nos EUA, o país onde o menino nasceu, que teve um relacionamento rápido com o avançado. Segundo a publicação, o português pagou-lhe 12 milhões de euros para que ela abrisse mão do filho definitivamente e nunca revelasse sua identidade", recorda o blogger brasileiro. Há ainda outra teoria que associa o nome de CR7 a Ricky Martin.

Em agosto de 2008, o cantor porto-riquenho foi pai de dois gémeos, gerados com recurso a uma barriga de aluguer numa clínica americana. Pouco depois de Cristiano Ronaldo ter revelado ao mundo ser pai de um rapaz, o intérprete de "María" e "Livin' la vida loca" foi um dos primeiros a dar-lhe os parabéns publicamente, um gesto que levou, na altura, muitos jornalistas a escrever que teria sido Ricky Martin a dar a CR7, que é fã do artista, tal como o filho, o contacto do establelecimento.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.