Se hoje Meryl Streep é conceituada estrela de Hollywood, uma mulher confiante e uma inspiração para milhões de fãs em todo o mundo, quando olha para trás não é essa segurança que revê.

Em entrevista à Vanity Fair, a estrela cinematográfica confessou que não gosta de ver os primeiros filmes em que participou porque se recorda da baixa autoestima que sentia na altura.

“Era tão infeliz. Achava o meu nariz grande e que era gorda. Porque era o que me diziam”, afirmou.

Meryl contou ainda que as críticas ao seu físico a levaram a ter tendência em aceitar papéis onde pudesse alterar radicalmente a sua imagem.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.