Recentemente, um homem negro desarmado morreu na sequência de uma detenção da polícia, nos Estados Unidos. Um caso que está a ser destacado na imprensa, tendo sido divulgado um vídeo que mostra um polícia com o joelho no pescoço da vítima durante a detenção.

Nas imagens, a vítima, George Floyd, pediu várias vezes ajuda e dizia que não conseguia respirar.

Um episódio de violência que Madonna fez questão de comentar na sua página de Instagram. "Ver este polícia a sufocar George Floyd com o joelho no seu pescoço, algemado e indefeso, a chorar pela vida com o rosto no chão é a coisa mais doentia e dolorosa que vi em muito tempo", começou por escrever a cantora.

"Este agente sabia que estava a ser filmado e assassinou-o com arrogância e orgulho. Isto tem de parar! Até que possamos superar o racismo na América - ninguém devia ter o direito de andar com uma arma", acrescentou de seguida.

"Deus te abençoe, George Floyd. Sinto muito por ti e pela tua família. E todos os assassinatos sem sentido que aconteceram antes de ti", continua. "Será que isto vai acabar? Peço a Deus que um dia [isto acabe]. Até lá - que se lixe a polícia. Não me interessa ser politicamente correta. Interessa-me a justiça", rematou.

Ver esta publicação no
Instagram

with his knee on his neck, handcuffed and helpless, crying for his life with his face in the street is the most sickening, heartbreaking thing ive seen in a long time. This Officer knew he was being filmed and murdered him with arrogance and Pride. This has to stop!! Until we can over come Racism in America— no one should be allowed to carry a gun. Most of all cops. God Bless you George Floyd Im so sorry for you and your family. And all the senseless killings that have gone before you. Will it ever end? I pray to GOD it does one day. Until then—Fuck The Police! Yea I said it. Im not interested in being PC. Im interested in Justice. @shaunking #georgefloyd #justice #guncontrol

Uma publicação partilhada por Madonna (@madonna) a 26 de Mai, 2020 às 12:49 PDT

Leia Também: Manifestação contra morte de homem negro desarmado acaba em conflito

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.