Depois de ter sido duramente criticada na sequência das suas declarações acerca do movimento #MeToo, que surgiu em Hollywood no âmbito denúncias de assédio e abuso sexual por parte de várias mulheres, Lindsay Lohan veio defender-se.

Através de um comunicado, a atriz referiu: “Sem qualquer tipo de reserva gostaria de pedir desculpa se magoei alguém com as minhas declarações numa recente entrevista. A frase apenas era referente à minha esperança que um mão cheia de falsos testemunhos no meio de um mar de vozes heróicas diminuíssem a importância do movimento #MeToo. Contudo, aprendi como as minhas declarações podem ser vistas como más, embora nunca tenha sido a minha intenção. Peço desculpa por qualquer dor que possa ter causado”, disse a atriz, acrescentando que todas as vozes precisam de ser ouvidas.

De recordar que na entrevista em questão, a estrela disse: “Se algo acontece num momento, tens de discutir isso nesse momento. Fazes disso uma coisa real ao abrir um processo policial. Vou ficar a odiar-me por dizer isto, mas acho que as mulheres que falam de assédios ficam a parecer fracas quando são muito fortes”.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.