George Clooney falou sobre um dos momentos mais difíceis da sua vida, nomeadamente, quando teve um grande acidente de moto.

“Ia a 112 quilómetros por hora, por isso foi mau”, começou por referir em declarações ao Catch-22, recordando a brutal colisão que aconteceu em julho do ano passado e na qual o artista pensou que iria perder a vida.

“Parti o meu capacete ao meio. Foi difícil”, explicou Clooney, sublinhando que com o impacto que sentiu na cabeça pensou que tinha sofrido uma lesão muito grave.

O sucedido fez com que George tomasse a decisão de deixar de andar de mota durante um período de tempo, sobretudo pensando na sua família, neste caso Amal Clooney e os filhos Ella e Alexander.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.