Depois de Rihanna ter doado cinco milhões de dólares a instituições, agora é em nome da sua fundação, Clara Lionel Foundation, que a cantora volta a ajudar no combate à pandemia da Covid-19. Mas não foi a única. A Shawn Carter Foundation, fundação de Jay-Z, também seguiu este caminho solidário.

De acordo com a imprensa internacional, ambas as fundações anunciaram que, cada uma, doará um milhão de dólares, quase um milhão de dóláres, para ajudar, por exemplo, os trabalhadores mais afetados, sem-abrigo, idosos e filhos de profissionais de saúde que estão na linha da frente no combate à pandemia.

O montante vai ser para apoiar diretamente algumas organizações, entre elas a ACLU, New York Immigration Coalition, Mayor’s Fund de Los Angeles e o fundo para as escolas públicas.

"Em tempos de crise, é imprescindível que nos unamos como uma comunidade para garantir que todos, especialmente os mais vulneráveis, tenham acesso a necessidades críticas: abrigo, saúde, nutrição e educação", disse Gloria Carter, mãe de Jay-Z e CEO da Shawn Carter Foundation, em comunicado. "A única maneira de superar esta pandemia é com amor e ação", rematou.

Leia Também: Covid-19: Rihanna doa cinco milhões de dólares a instituições

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.