Kim Kardashian fechou-se em copas e preparou uma grande surpresa para a mãe, Kris Jenner, no dia em que esta completou 64 anos, 5 de novembro.

Como a celebridade contou na sua conta do Instagram, convidou a família e as amigas mais próximas de Kris para tomarem o pequeno almoço num local que todos conheciam. E foi quando chegaram à morada que perceberam que não seria ali que iriam festejar o aniversário.

"Dei o verdadeiro convite e, quando todos viram o endereço para onde iríamos, as lágrimas encheram a sala", disse Kim, contando logo de seguida todos os detalhes da surpresa.

Segundo o que a celebridade explicou na mesma publicação, esta decidiu alugar a casa onde a família viveu durante a infância. "Todas as memórias estão lá, especialmente com o nosso pai", acrescentou, referindo-se ao ex-marido de Kris Jenner, Robert Kardashian (pai de Kim, Khloé, Rob e Kourtney Kardashian), que morreu em 2003.

"Foi onde cada criança Kardashian nasceu e nos fez quem somos", continuou, destacando que decorou o local a rigor para este dia especial. "Almoçamos na casa como se não tivesse mudado nada e passamos o tempo todo a chorar. Quando saímos para ir para os nossos carros, houve outra surpresa! Aluguei todos os carros que os meus pais já tiveram", partilhou ainda, detalhando que os veículos estavam todos alinhados à entrada da habitação, "exatamente como os pai costumavam estacionar".

"Fomos até casa nesses carros e revivemos a nossa infância! Este foi o melhor dia de todos. Estou tão orgulhosa de ter conseguido manter esta surpresa em segredo, tanto da minha mãe como das minhas irmãs, durante semanas! Este foi o dia mais especial e nostálgico da minha vida e sentimos a presença do meu pai a aproveitar o dia connosco. Não chorei o almoço inteiro, apesar de ter chorado durante todo o processo de preparação e planeamento. Mas, no final, entrei na minha antiga casa de banho, fechei a porta e chorei muito", rematou.

Leia Também: Kris Jenner recebe mensagem carinhosa de Caitlyn Jenner

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.