É a noite em que homens e mulheres aguardam com a mesma expetativa um desfile de moda. Não é caso para menos, estamos a falar das mulheres mais belas do mundo prestes a desfilar no tão esperado desfile da marca norte-americana de lingerie Victoria´s Secret.

É o evento de moda mais assistido do mundo (800 milhões de pessoas assistem anualmente), com cerca de 10.5 milhões de euros a serem gastos na produção do espetáculo - um número astronómico, considerando que a maioria das marcas gastam cerca de um milhão de euros nos seus desfiles.

Preparem-se, vem aí a 24º edição do desfile mais belo do mundo.

Onde é?

Esta edição é um regresso a casa, com Nova Iorque a voltar a acolher este super espectáculo, no Piers 92/94, localizado no centro de Manhattan. O desfile já passou por Londres, Miami, Los Angeles e, no ano passado, devido ao crescimento do mercado asiático, o palco foi montado em Shanghai. Em 2016, Paris recebeu um dos desfiles mais mediáticos no Grand Palais, conhecido por receber inúmeras apresentações da marca de luxo Chanel.

Esta é a 16.ª vez que a 'Grande Maçã' acolhe o desfile, incluindo a primeira edição - sem transmissão televisiva - que foi em 1995.

Quando é?

Não é só o local do desfile que é um regresso às origens, depois da CBS ter transmitido o espetáculo por 15 anos consecutivos nos Estados Unidos da América, a ABC - que transmitiu pela primeira vez na televisão em 2001 - volta a receber as mulheres mais belas do mundo. O desfile deste ano está agendado para 8 de novembro, mas a emissão televisiva só acontecerá a 2 de dezembro. Perto de 190 países compraram os direitos televisivos, incluindo Portugal.

Onde posso ver em Portugal?

Tal como aconteceu em 2017, a SIC Caras irá transmitir o espetáculo uns dias depois da emissão original, desconhecendo-se para já a data exata, mas certamente na primeira quinzena de dezembro.

As atrações musicais

O maior desfile de moda do mundo merece convidados musicais à altura e este ano a marca excedeu-se no catálogo: Shawn Mendes, Rita Ora, Bebe Rexha, The Chainsmokers, Halsey, Kelsey Ballerini e The Struts.

A componente musical tem vindo a ganhar mais influência nas últimas edições. Rihanna, Taylor Swift, Lady Gaga, Bruno Mars, The Weeknd, Selena Gomez, Katy Perry, Kanye West e Ariana Grande foram alguns dos (grandes) nomes que já deram música a estes anjos. O momento musical mais marcante foi o de 2011, quando os Maroon 5 atuaram e o líder da banda Adam Levine fez questão de beijar a mulher Behati Prinsloo em pleno desfile.

Outro momento marcante remonta a 2007, quando o cantor Seal fez um dueto com a então mulher Heidi Klum.

Seal e Heidi Klum cantam juntos no desfile da Victoria's Secret de 2007
créditos: youtube/CBS

A lingerie

Apesar da Victoria’s Secret também possuir roupa de dormir à venda nas lojas, a lingerie (sexy) continua a ser o destaque da marca. Por vezes menos é mais, mas num desfile da Victoria’s Secret isso não acontece. Além da lingerie, as modelos apresentam-se com asas, sapatos (botas ou salto alto) sempre com temas especificos, tais como : 'sexy sportswear’, 'sexy nightwear' ou 'sexy fairyland nymphs’. Apesar de toda a teatralidade, a lingerie é o destaque - pelo menos deveria ser - visto que é um negócio e os acessórios não se vendem nas lojas.

No ano passado, em Shanghai, a marca colaborou pela primeira vez com outra marca de moda, cabendo à Balmain a responsabilidade de apresentar alguns peças, que posteriormente foram postas à venda nas lojas da marca de luxo francesa. Este ano, será a vez da designer grega Mary Katrantzou colaborar com a Victoria’s Secret, sendo responsável por alguns dos looks únicos do show.

Através das redes sociais, Katrantzou já levantou um pouco do véu, mostrando algumas peças da coleção que apresentará em Nova Iorque, sendo previsivelmente coloridas e com muitos padrões, bem ao seu estilo.

Quem são os 'Anjos'?

Em 2013, a portuense Sara Sampaio foi a primeira modelo portuguesa a integrar um desfile da Victoria’s Secret, na coleção juvenil Pink. Dois anos depois, integrou o grupo restrito da marca. Este ano, Sampaio (27 anos) terá a companhia de outra portuguesa, Isilda Moreira (19 anos), de ascendência cabo-verdiana, que fará a sua estreia como elemento do catálogo.

Isilda, estreou-se na moda aos 14 anos e, desde então, já desfilou para marcas como a Hermès, Moncler, Loewe, Michael Kors, Dolce & Gabbana e Rodarte.

Centenas de mulheres de todo o mundo passaram pelo processo de casting para o desfile anual da Victoria's Secret, mas apenas algumas ganharam asas de anjo. Além de Sara Sampaio, também Adriana Lima, Candice Swanepoel, Elsa Hosk, Lais Ribeiro, Josephine Skiver, Stella Maxwell, Jasmine Tookes, Taylor Hill, Romee Strijd e Martha Hunt estarão obviamente no desfile de Nova Iorque, até porque elas fazem parte do referido grupo restrito da marca, sendo consideradas as mulheres mais bonitas do mundo.

Behati Prinsloo, de 30 anos, não esteve presente no evento nas duas últimas edições, marcando novamente presença este ano. A mulher de Adam Levine regressará após o nascimento da segunda filha do casal, há oito meses.

Lily Aldridge é a única ausência de peso, já que ela está grávida do segundo filho, fruto do casamento com Caleb Followill, vocalista da banda Kings of Leon.

A modelo brasileira Alessandra Ambrosio ‘pendurou as asas’ em 2017, depois de ter desfilado para a Victoria´s Secret por 17 ocasiões.

Todas as modelos viajam num jato privado durante o ano de forma a promover a marca. As embaixadoras têm de publicar o máximo possível de fotos nas suas redes sociais, algo que está explícito no contrato com as modelos.

Modelos embarcam no seu avião privado rumo a Londres, em 2014

Este ano, a marca acrescentou 18 novos rostos ao grupo, além dos regressos de Toni Garrn (afastada da marca há cinco anos), Barbara Palvin (último desfile foi em 2015) e Shanina Sheik (também 2015).

Winnie Harlow, a modelo canadiana com vitiligo que ficou famosa ao participar no “America’s Next Top Model” é uma das adições mais aplaudidas do ano e, consequentemente, uma das mais esperadas.

Tanto Gigi Hadid como Kendall Jenner estão confirmadas para o show deste ano, depois de terem falhado no ano passado. Kendall e Gigi fizeram as suas estreias em 2015, mas devido a obrigações contratuais com a concorrente marca de lingerie La Perla, Kendall não desfilou em Shanghai. Também no ano passado, Gigi Hadid viu o seu visto para a China ser negado, depois de ela ter publicado um vídeo no Instagram no qual imitava uma estátua do Buda.

Na fotogaleria abaixo pode ver todos os nomes confirmados para o desfile

Que países estão representados no elenco?

Os Estados Unidos da América são o país mais representado, colocando 16 modelos em cima da passarela, seguido pela Inglaterra (6), Brasil e Holanda, ambas com quatro. Países como China, Nova Zelândia, França e Austrália tem três representantes cada. Destaque para o Sudão, que coloca duas mulheres no grupo, tantas quanto Portugal.

O Fantasy Bra

Uma das Angel’s é escolhida para usar o Victoria's Secret Fantasy Bra, a peça mais extravagante e especial do desfile. Este ano cabe à sueca Elsa Hosk a responsabilidade pelo momento alto da noite, usando um brallet criado e composto por cristais Swarovski, no valor de quase um milhão de euros.  A beleza nórdica é a sucessora da brasileira Lais Ribeiro, além de nomes como Gisele Bündchen, Tyra Banks, Alessandra Ambrósio, Lily Aldridge e Adriana Lima, sendo este o mais alto reconhecimento para uma das modelos da marca.

Mas a Victoria’s Secret não se fica por aqui. A holandesa Romee Strijd será a responsável por desfilar outra produção da marca austríaca, com 125 mil cristais (70 mil ao longo do corpo e 55 mil nas asas em forma de uma estrela feita em 3D). Ao todo, a modelo de 23 anos desfilará com uma peça de mais de 12 kg.

Quase 37 mil euros para 15 minutos com Sara Sampaio

Em julho deste ano, a modelo portuguesa admitiu que sofre de transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), o que a faz arrancar os pelos das sobrancelhas. Deparada com este problema, Sampaio, em conjunto com The TLC Foundation for Body-Focused Repetitive Behaviors, decidiu leiloar um bilhete duplo para o desfile, que terminou com a licitação de 36.500 euros.

Além de poder assistir ao desfile em Nova Iorque, o bilhete garante o acesso à after party da Victoria’s Secret, algo que envolve ainda mais celebridades, brilho e muito cor de rosa, e ainda 15 minutos na companhia de Sara Sampaio, com possibilidade de tirar uma fotografia com a modelo.