A empresa belga Materialise, criada em 1990, desenvolveu um abridor de portas que se imprime em 3D para evitar que os seus colaboradores toquem nas maçanetas com as mãos e, como forma de prevenção e de combate à pandemia de COVID-19 que assola o mundo, está a disponibilizar os ficheiros de impressão e as instruções de montagem dos 10 modelos disponíveis gratuitamente no seu site, permitindo também a sua transformação e a sua adaptação.

Os proprietários das 500.000 impressoras 3D vendidas o ano passado em todo o mundo podem, assim, imprimi-los e montá-los em casa. Os restantes podem encomendá-las online. Os preços, consoante os modelos, oscilam entre os 30 € e os 70 €. Para além dos planos de impressão e das instruções de montagem dos dispositivos, a Materialise permite ainda o descarregamento de um ficheiro a imprimir em papel autocolante para colar nas portas.

"As maçanetas figuram no topo da lista dos objetos mais infetados com germes em casas, hospitais, fábricas e lares. Nós mantemos a nossa missão de contribuir para um mundo melhor e mais saudável, por isso estamos a partilhar gratuitamente estes ficheiros. As análises feitas pelos nossos consultores de prevenção de riscos confirmam que, usando os nossos dispositivos, estamos a evitar a transmissão de COVID-19", justifica a empresa no seu site oficial.

Empresa belga desenvolve abridor de portas que se imprime em 3D e está a disponibilizar os ficheiros de impressão gratuitamente

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.