Sair de casa dos pais para ter o seu próprio espaço é algo excitante. É um passo para uma maior independência e é normal que esta nova fase suscite alguma ansiedade. No entanto, é preciso saber lidar com o processo e ter algum jogo de cintura para fazer boas escolhas tanto para a sua casa, como para a sua condição financeira.

Antes de mais, sendo um sonho seu, caso queira todas as paredes pintadas de preto e com espelhos, vá em frente! O espaço vai ser seu e ninguém o pode impedir, mas desde que tal não “rebente” com o seu orçamento. Assim sendo, e para não correr o risco de não poder concluir a decoração a seu gosto por falta de 'budget' ou para não comprar nada que seja desnecessário, tome atenção a estas dicas preciosas:

Orçamento

O ponto de partida é este: saber quanto tem. Tudo irá depender do modelo de frigorífico que pretende e até do serviço de talheres que precisa. Comece a anotar tudo e não deixe escapar nenhum detalhe. Cada objeto e valor contam porque só assim vai ter noção do que vai ter de gastar.

Prioridades

Decorar uma casa não sai barato e se pudesse ser ao nosso gosto, provavelmente a escala iria rebentar, mas nada como saber adaptar. Assim, nada como começar pelos itens essenciais e com isto quer-se dizer, com os quais não pode viver em condições: cama, frigorífico, fogão, aspirador, etc... Não se ponha a gastar em pequenos utensílios de cozinha, por exemplo, para depois não dar uso nem a metade. Tenha também em atenção a data da sua mudança com a chegada dos eletrodomésticos ou da cama, senão terá de lavar roupa à mão ou dormir no chão.

Projeto

Não, não tem de contratar nenhum decorador para tal e também não tem de cair no erro de comprar uma almofada que achou gira, mas que depois nada tem a ver com o sofá. Fazer um projeto é ter ideias, pesquisar sobre as mesmas e delinear um plano para cada assoalhada. A internet, principalmente a plataforma Pinterest, está cheia de excelentes ideias e inspirações para qualquer tipo de espaço. Copie, cole, recorte, crie uma pasta no seu computador, numa folha, o que seja, para assim ter uma visão daquilo que quer, fica bem e o valor. Outra dica importante que funciona a ter uma melhor noção do espaço que vai ocupar é, depois de fazer as medições para um sofá, por exemplo, é colocar jornais no chão. Assim, vai ter uma melhor noção da área que a mobília vai ocupar.

Poupar ao máximo

Se ainda não saiu de casa, mas anda a pensar nisso, esta dica é para si. Pode ir comprando um ou outro objeto, mas mais importante que isto: começar a poupar para assim ter mais dinheiro disponível quando for a altura. Comprar alguns itens até pode ser uma opção interessante, no entanto, tenha em atenção porque depois pode mudar de ideias, ou seja, um quadro que depois não tem nada a ver com o resto ou um pequeno eletrodoméstico que fica sem funcionar durante algum tempo.