É um planeta e energia  que tem como função ajudar-nos a ganhar estrutura, maturidade e consciência na área de vida onde se encontra através do signo que está situado no nosso mapa astral.

Na minha opinião este planeta tem sido muito mal compreendido da sua verdadeira intenção.

Por exemplo, Saturno em Gémeos na casa 11, é um Saturno que pede estrutura, maturidade e responsabilidade na inserção num grupo de identificação com as mesmas ideias e valores de trazer mais liberdade ao ser humano através da comunicação, conhecimento e informação. Ou por exemplo Saturno em Leão na casa 7, a proposta de Saturno aqui é relembrar a importância da partilha, do compromisso e responsabilidade numa relação e parceria assumindo a sua verdadeira identidade, personalidade e expressão única baseada em valores de coerência, integridade e pureza de coração.

No entanto quando se fala de Saturno, muitas vezes parece que falamos em algo que devemos temer ou algo negativo. Na minha opinião isto está totalmente longe da verdade e é totalmente falso e irrealista; Saturno como referi é o planeta dos mestres e não é por acaso que há poucos no mundo.

Vivemos ainda num mundo com um nível de consciência muito imatura e jovem, parece que ainda precisamos de ter alguém que nos oriente e nos ajude a relembrar de certas responsabilidades e que nos venha “prestar contas” de certos compromissos assumidos por nós.

Ainda existe uma necessidade manifestada e perfeitamente visível na humanidade de precisar de uma autoridade extra á sua (professor, pai, patrão, etc) que lhe aponte o dedo e que lhe chame á atenção para o que realmente deve ou não fazer, criando-lhe assim uma dependência externa de orientação e uma contínua  falta de fé e confiança na sua própria intuição, sentir e capacidade de decisão.

Este é o verdadeiro papel de Saturno nas nossas vidas, relembrar-nos que devemos assumir com todo o nosso ser a nossa autoridade (autor da sua idade),responsabilidade ( habilidade de resposta) perante a criação da nossa vida e maturidade (idade matura) perante as nossas escolhas, decisões e realizações ou falta delas.

Os mais fortes exemplos do apelo de Saturno são manifestados em duas grandes fases da nossa vida onde todos nós sentimos um grande empurrão e “obrigação” para assumirmos uma maior responsabilidade e autoridade.

A 1º fase é entre os 28 e 30 anos e a 2º fase é ente os 58 e 60 anos de idade. Porquê? Porque é nessas idades que Saturno retorna ao signo, casa e grau de nascença do nosso Saturo natal, isto é onde estava no nosso mapa astral quando nascemos.

Estes períodos de vida costumam ser sempre fases onde todos nós seremos testados e convidados a “prestar contas”, a rever modos de ver e usar a responsabilidade, autoridade e consciência das nossas escolhas e decisões perante a nossa vida e a dos outros. Poderá ser uma altura de começar a viver sozinhoa, ou casar, ou ter um filho, ou a ter o nosso 1ºemprego ou cargo de maior responsabilidade, ou tomar conta de alguém que passamos a ter a cargo, etc.

Implica sempre um convite para sermos mais adultos, sérios, responsáveis e mais realistas da vida que queremos criar ou que criamos.

Se escolhermos não o ouvir e segui-lo, viveremos sempre aprisionados a projecções externas de outros e nos outros, a julgamentos, culpas ou vergonhas que nos tiram totalmente o nosso centro e poder pessoal.

Saturno é o planeta que rege a lei da causa e efeito, a famosa lei do Karma

Logo como nada no Universo é para fazer-nos “mal” esta lei tem como intenção e função relembrar - nos e trazer-nos à consciência a responsabilidade na criação das nossas vidas fazendo-nos ver que tudo o que temos e não temos, é uma consequência de uma “causa “ anterior intencionada, seja esta desta ou doutras vidas.
Tudo é criado de nós mesmos quer tenhamos consciência ou não.

Quando Saturno é compreendido e integrado na nossa vida é o planeta que nos traz um verdadeiro sentido de centro, foco e sabedoria baseada numa verdadeira experiência ao longo do tempo. É o planeta que transforma chumbo em ouro, medos em sabedoria e mestria. Normalmente esta experiência é sempre um pouco longa com certos sacrifícios, restrições e responsabilidades. No entanto é este o caminho que nos faz desenvolver a força e mestria necessária para apostarmos  mais na qualidade e não na quantidade e desenvolver uma maior sabedoria na gestão do tempo e prioridades para realizarmo-nos como seres humanos ao nível pessoal e profissional .

Este planeta é também o que rege a carreira e nos obriga a assumir uma responsabilidade perante a sociedade onde vivemos, fazendo-nos assumir e definir um papel e status social na nossa profissão ou família exercendo assim uma maior estrutura e gestão de uma sociedade mais madura e consciente ( consciência das leis universais e de como funcionam na nossa vida). No entanto até ganhar essa consciência social e autoridade pessoal, iremos sempre sentir o peso de Saturno (através de culpas, bloqueios emocionais, restrições, pesos, rigidez e grande necessidade de controlar seja ao nível pessoal ou social), fazendo-nos viver á margem da nossa própria essência e propósito e à mercê do julgamento interno e externo.

Com isto poderão surgir problemas a qualquer nível como problemas na estrutura óssea e dentária, depressão, medo de errar, do ridículo, falta de prazer na vida e apetite sexual e claro medo da rejeição.

Com isto, se estamos a viver alguma destas situações desconfortáveis na nossa vida, sociedade ou mesmo mundo, garantidamente que é nossa responsabilidade total quando toca à nossa vida pessoal e alguma em relação à sociedade e mundo onde vivemos.

Perante a tomada de consciência do papel fundamental de Saturno nas nossas vidas, podemos neutralizar muitos karmas e começar a criar uma verdadeira realização pessoal e profissional totalmente coesa, duradora e bastante reconhecida por si e pelos outros.