Alzheimer

Saiba como prevenir e tratar esta doença neurodegenerativa

É o tipo de demência mais frequente, que pode chegar a afectar uma em cada 20 pessoas com mais de 65 anos e uma em cada três com mais de 85 anos.

Trata-se de uma doença neurodegenerativa crónica, um tipo de transtorno cerebral que afecta a função cognitiva, a personalidade e a conduta.

Está indexada a factores genéticos e, obviamente, à idade.

Sintomas


Caracteriza-se pela perda progressiva das funções cognitivas cerebrais, como a memória, o discernimento, o pensamento abstracto e a linguagem, assim como pelo aparecimento de problemas psicopatológicos e do foro comportamental.

Tratamento

O tratamento deve ser iniciado aos primeiros sintomas da doença, já que o diagnóstico costuma ser tardio. Os fármacos actuais, como a galantamina ou o donezepil, conseguem atrasar a deterioração das funções cognitivas destes pacientes, bem como diminuir os problemas funcionais e psicopatológicos.

Como prevenir

1. Praticar exercício físico. Ajuda a diminuir o declínio cognitivo.

2. Realizar actividades estimulantes para o cérebro (ler, por exemplo). Aumenta o número e a força das conexões entre neurónios.

3. Ter em conta a máxima, «tudo o que é mau para o coração, é mau para o cérebro».

4. Privilegiar alimentos que contribuem para a prevenção: mel, alimentos com ómega-3 (salmão, por exemplo) e vinho (com moderação).

Comentários