Gengibre ajuda a controlar açúcar no sangue e queima gordura corporal

Uma revisão de 60 estudos publicada nos Anais da Academia de Ciências de Nova Iorque mostrou que a introdução de gengibre na alimentação ajuda a combater a diabetes tipo 2 e diminui o risco de doenças cardíacas.
créditos: Pixabay

Segundo a meta-análise publicada em meados de maio, várias investigações comprovaram os efeitos benéficos do gengibre, mesmo que administrado sob a forma de cápsulas, comprimidos ou em pó.

Segundo os cientistas da Universidade Agrícola da China, os estudos analisados mostraram que os constituintes desta especiaria são benéficos contra problemas de obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares e transtornos relacionados, ao atuar sob diversos mecanismos, nomeadamente na destruição de células de gordura, digestão de hidratos de carbono, secreção de insulina e diminuição da sensação de fome.

Ao diminuir a gordura no sangue, o gengibre promove igualmente a redução da aterosclerose, uma doença inflamatória crónica que consiste na acumulação de gordura nas artérias, o que pode dar origem a doenças do aparelho circulatório.

O gengibre revelou também ter propriedades anti-inflamatórias e na diminuição do stress oxidativo, assim como dos níveis de colesterol e pressão arterial.

Leia também: Estes são os 20 vegetais mais saudáveis

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários