Alfazema

Ajuda a tratar a ansiedade e o stress, melhorando a qualidade do sono

Esta planta cresce espontaneamente em Portugal. É também denominada lavanda, uma designação que deriva do latim lavare, por ter sido sempre muito utilizada em lavagens do corpo.

Os constituintes do seu óleo essencial, linalol e acetato de linalilo, têm propriedades antibióticas, sedativas e neurotónicas. A inalação dos seus óleos essenciais melhoraram a capacidade cognitiva e o humor em 144 adultos (Int. J. Neuroscience, 2003).

Outras propriedades

Estimulante respiratório, a alfazema pode ser utilizada em aerossol em bronquites. Ajuda a tratar cefaleias e facilita a digestão, especialmente se estes problemas se agravam com o stress ou ansiedade. Em banhos, é um regenerador e calmante da pele.
Administração
Óleo essencial: Pode ser inalado directamente do frasco (cinco a dez inalações, duas a quatro vezes ao dia), ou aplicado na pele (se não houver reacção alérgica). Pode também ser aplicado na pele através de um óleo de massagem.
Remédios  caseiros

  • Spa em casa: Num banho de imersão bem quente, coloque 20 gotas de óleo essencial de alfazema (ou 200 g das flores previamente fervidas durante dois minutos), juntamente com cinco colheres de sopa de sal. Permaneça, no máximo, 15 minutos no banho e relaxe.
  • Massagem relaxante: Coloque duas gotas de óleo essencial de alfazema no ponto da Medicina Chinesa 6MC (dois dedos abaixo da prega de flexão do punho, no centro da parte interna do antebraço) em ambos os membros e massaje durante cinco minutos com o dedo indicador.

Revisão científica: João Beles (naturopata, coordenador do curso de Naturopatia do Instituto de Medicina Tradicional de Lisboa)

Comentários