15 regras indispensáveis para ter uma alimentação mais equilibrada

"As nossas escolhas e hábitos alimentares devem ter sempre em conta a saúde e benefícios corporais, mas também o nosso equilíbrio mental e emocional". Quem o diz é a nutricionista Mariana Abecasis.

Para ter uma alimentação mais equilibrada, a nutricionista aconselha a seguir estas regras:

1. Coma várias vezes ao dia

Ingerir alimentos com frequência vai permitir que o organismo encontre um equilíbrio, evitando oscilações entre a privação e os excessos alimentares. Evitar “passar fome” é fundamental para a estabilização dos níveis energéticos, para o nosso humor e para conseguirmos fazer escolhas alimentares racionais e em doses equilibradas.

2. Não salte o pequeno-almoço

O pequeno-almoço ajuda a estabilizar os níveis de açúcar no sangue, que por sua vez regulam o apetite e a energia. Assim, as pessoas que o tomam têm menor probabilidade de sentir apetite e de cometerem excessos alimentares durante o resto do dia.

3. Reforce a alimentação com legumes e saladas

Os vegetais são altamente nutritivos e pouco calóricos, devendo por isso ser a base de qualquer dieta ou regime alimentar saudável.

4. Mantenha o hábito de comer sopa – um dos pilares da alimentação mediterrânica!

Faça por comer pelo menos um prato de sopa de legumes por dia. Rica em água, fibra, vitaminas e cereais, a sopa ajuda a reduzir o apetite, manter os níveis de açúcar do sangue mais estáveis e ainda auxilia o funcionamento do intestino.

5. Consuma 2 a 3 peças de fruta por dia

A fruta é uma excelente opção, quer para um lanche quer para sobremesa. Pode optar por fruta fresca ao natural, cozida ou assada, mas sempre sem adição de açúcar.

6. Prefira os cereais integrais

Os cereais integrais (ou não refinados) são sujeitos a um menor processamento; sendo por isso  mais ricos em fibras, vitaminas e minerais. Quer pelo seu valor nutricional, quer por serem mais saciantes, são uma melhor opção.

7. Não se esqueça das leguminosas!

Fonte de proteína vegetal e de absorção lenta são um bom substituto dos cereais e um bom complemento para as suas sopas e saladas frias.

Veja também: Afinal ser saudável não é difícil (e dispendioso): onde comer e ir às compras sem sair de Lisboa

Veja mais na página seguinte.

Comentários