9 Hábitos que tornam o seu cabelo oleoso

É, muitas das vezes, um desafio manter os fios de cabelo impecáveis e evitar uma aparência suja, mesmo que não o seja. Mas, alguns hábitos e cuidados podem fazer a diferença e manter a saúde capilar.

Um cabelo oleoso é, nada mais nada menos, que um alto teor de oleosidade cuja origem é provocada pela produção excessiva de gordura pelas glândulas sebáceas do couro cabeludo. A tendência é aparecer na puberdade, uma vez que há uma maior presença de hormonas androgenas no entanto, o stress e existência de quistos nos ovários. Não obstante, o uso inadequado de produtos capilares, ambientes húmidos ou mais gordurosos, também podem influenciar.

Caso tenha um caso de oleosidade excessivo ou até se é algo genético, o ideal é que procure um dermatologista afim de lhe ser aconselhado algum tratamento que minimize o estado do seu couro cabeludo. Caso contrário, leia atentamente alguns hábitos que podem tornar o seu cabelo oleoso e mude-os rapidamente.

Lavar com água quente
A água quente só vai estimular as glândulas sebáceas, para além de poder irritar o couro cabeludo. Lave o cabelo com água morna ou preferencialmente com água fria. Além de fazer melhor ao cabelo, o mesmo também irá ficar mais bonito e solto, uma vez que a água quente deixa os fios mais pesados.

Dormir com cabelo molhado
É certo que para quem tem caracóis, os mesmo podem ficar mais definidos e bonitos. No entanto, dormir de cabelo molhado faz aumentar um ambiente propício à dermatite seborreica, comummente chamada de caspa. A humidade aumenta a proliferação de fungos e bactérias.

Secador muito quente
Tal como a água quente, também o tipo de secagem vai implicar com a questão. O calor excessivo danifica o couro cabeludo ocorrendo, uma vez mais, uma defesa das glândulas sebáceas. Estas, face ao ataque, produzem mais oleosidade.

Alimentação
Tudo o que ingerimos afeta a nossa saúde, mas também todas as partes do corpo. Como tal, o cabelo é também afetado. Uma alimentação rica em carboidratos não é das mais aconselháveis. Pão refinado, alimentos ricos em açúcar, massas refinadas, arroz branco, entre outros, podem desequilibrar a produção de insulina devido ao excesso de glicose. Tal pode provocar uma inflamação celular que irá acabar por aumentar a produção de sebo por parte das glândulas sebáceas.
Consuma mais alimentos ricos em fibras, já que têm um índice glicémico mais baixo.

Comentários