Depois de uma cesariana, mastigue pastilha elástica

A recomendação vem após uma análise feita a uma série de estudos, onde médicos descobriram que mastigar pastilha elástica após uma cesariana ajuda a recuperar o bom funcionamento dos intestinos.
créditos: pixabay

Uma análise feita a 17 estudos que envolveram mais de 3 mil mulheres, e publicado no The Journal of Maternal-Fetal & Neonatal Medicine, concluíram que a pastilha elástica pode repor o bom funcionamento dos intestinos após uma cirurgia abdominal. Cada um dos estudos tinha como objetivo responder à seguinte questão: quanto tempo demora uma mulher após uma cesariana a libertar gases (flatulência)? Este é um dos primeiros sinais de que o sistema gastrointestinal está a funcionar normalmente após uma cirurgia abdominal.

A seguir a uma cesariana, a inflamação na zona abdominal pode causar uma condição à qual se chama de Íleo Paralítico, uma deficiência orgânica gastrointestinal que impede a atividade intestinal normal, assim como reduz a tolerância da entrada de alimentos por via oral. Por isso, manter o movimento intestinal é importante para evitar esta condição, que pode afetar uma em cada cinco mulheres após uma cesariana. O trato intestinal diminui ou deixa de funcionar o que pode causar inchaço, dores e náuseas.

Para manter o movimento dos intestinos, geralmente os médicos recomendam que a grávida ande ou coma pouco tempo após a cesariana. Duas recomendações que não são fáceis de seguir após uma cirurgia deste tipo.

Como tal, e depois de analisarem os estudos acima referidos, os médicos estão agora a aconselhar mastigar pastilha elástica. Manter a saliva a circular e enviar sinais para o sistema gastrointestinal, dando a ilusão de que se está a comer, é o truque da pastilha elástica.

De acordo com a análise, a mulher deve começar a mastigar a pastilha duas horas após a cesariana, três vezes ao dia, durante 30 minutos, até haver libertação de gases.

artigo do parceiro: Susana Krauss

Comentários